Empresas com governança da inovação têm crescimento de receita duas vezes maior que as demais, afirma Accenture

Apenas 12% das empresas têm ações extensivas de governança da inovação

São Paulo, 28 de janeiro de 2020 - Menos de uma em cada oito empresas conta com ações de governança extensiva da inovação, e as que o fazem apresentam duas vezes o crescimento da receita em comparação com empresas que optam por uma governança mais acidental da inovação, mostra novo estudo da Accenture (NYSE: ACN).

O estudo intitulado Governing Innovation: The Recipe for Portfolio Growth é baseado em um levantamento global junto a executivos de mil empresas, uma análise financeira dessas empresa e entrevistas aprofundadas com especialistas em inovação do mercado e do meio acadêmico. O objetivo do estudo foi determinar como as empresas aplicam diferentes tipos de inovação em seus portfólios, identificar as formas de alocação de investimentos em inovação, além de ajudar os executivos a entenderem como aplicar ações de governança mais estratégicas a fim de obter melhores retornos dos seus investimentos em inovação.

Um dado importante: apenas 12% das empresas fazem a governança da inovação de forma extensiva. Entre 2013 e 2018, a média da taxa anual de crescimento composto (CAGR) dessas empresas foi 5,9%, contra média de 2,9% para os demais 88% das empresas que optam por governar a inovação de forma mais aleatória.  

De acordo com a Accenture, a governança extensiva da inovação exige a adoção de pelo menos seis das doze práticas da governança, também chamadas de "rituais". (vide Figura 1).

                                          Figura 1
 
Enquanto 84% dos executivos entrevistados afirmaram que governam a inovação de forma centralizada - por exemplo, por meio da figura de um comitê ou de um diretor de inovação (CIO) - o estudo observa que a tomada de decisão e a gestão centralizadas podem não ser suficientes.  

"Cada vez mais, a inovação está se tornando essencial em decisões relacionadas a novos negócios, mas as empresas ainda precisam de muita disciplina para transformarem seus investimentos em inovação em crescimento efetivo," explica Paul Daugherty, CTIO da Accenture.
"Muitos ainda enxergam a inovação como aquela força criativa que não pode ser controlada, mas nosso estudo mostra que uma abordagem sistêmica da gestão e a governança extensiva da inovação pode ter impacto financeiro significativo."

O estudo usa o modelo Portfolio Innovation da Accenture, que analisa a aplicação de três tipos de inovação (incremental, revolucionária e disruptiva) em empresas de diferentes níveis de maturidade (legada, em crescimento e emergente; vide Figura 2).

                             Figura 2
 
Depois de definir o tipo de inovação necessário - e em quais frentes - as empresas precisam identificar os rituais de governança adequados para garantir que os investimentos em inovação alcancem o crescimento desejado.

O estudo cita a Schneider Electric, empresa líder especializada na gestão de energia e de automação industrial. A empresa faz uma abordagem abrangente da inovação, aplicando inovações incrementais e não-incrementais em todo seu portfólio de negócios. Foi assim que a Schneider atingiu um nível de crescimento equilibrado - aumentando o faturamento do seu negócio principal e dos seus novos negócios em 2018 em 7% e 9%, respectivamente.

A Accenture constatou que as empresas conseguem ter um controle maior sobre seus investimentos em inovação ao seguirem pelo menos alguns dos doze rituais da governança - quanto mais rituais seguirem, maior o crescimento do faturamento. Na verdade, as empresas que abordam a inovação de forma mais aleatória hoje, mas planejam uma mudança para um estilo de governança extensiva da inovação, esperam mais que dobrar o crescimento anual composto da receita em nível de portfólio - de 2,9% para 6,5%, em média.

"Os rituais de governança da inovação são fundamentais para um crescimento infinito de portfólio," explica Vedrana Savic, diretora-geral da Accenture Research. "Enquanto algumas pessoas temem que a governança paralise a inovação, a realidade é que uma abordagem sistêmica da gestão da inovação é essencial para obter um desempenho financeiro superior. No fim das contas, essa forma diferente e ativa de governança se traduz em investimentos mais estratégicos em inovação em nível de portfólio."

Para obter a versão completa do estudo Governing Innovation: The Recipe for Portfolio Growth, acesse http://www.accenture.com/portfolioinnovation.
 
Sobre o estudo
Governing Innovation: The Recipe for Portfolio Growth analisa a situação atual e futura da governança de inovação. O estudo foi realizado em três frentes: (1) pesquisa telefônica com 1.090 executivos de 1.090 empresas com faturamento anual acima de 1 bilhão de dólares de 11 setores e 15 países - África do Sul, Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, China, Espanha, EUA, França, Índia, Itália, Japão, Países Baixos, Reino Unido e Suíça, (2) análise de desempenho financeiro das 1.090 empresas e (3) entrevistas individuais com 20 especialistas em inovação do mercado e do meio acadêmico. O estudo foi conduzido entre os meses de janeiro de junho de 2019.
 
Sobre a Accenture
A Accenture é uma empresa líder global em serviços profissionais, com ampla atuação e oferta de soluções em estratégia de negócios, consultoria, digital, tecnologia e operações. Combinando experiência ímpar e competências especializadas em mais de 40 indústrias e todas as funções corporativas - e fortalecida pela maior rede de prestação de serviços no mundo - a Accenture trabalha na interseção de negócio e tecnologia para ajudar companhias a melhorar seu desempenho e criar valor sustentável para seus stakeholders. Com 505 mil profissionais atendendo a clientes em mais de 120 países, a Accenture impulsiona a inovação para aprimorar a maneira como o mundo vive e trabalha. Visite www.accenture.com.br  
 
###

Informações sobre a Accenture para a imprensa:  

Accenture
Fernando de Moraes - (11) 5188-0974 | fernando.de.m.silva@accenture.com  

bcw | burson cohn & wolfe 
Beatriz Pacheco - (11) 3040-2397 | beatriz.pacheco@bcw-global.com
Vinicius Chaves - (11) 3040-2395 | vinicius.chaves@bcw-global.com 
Mauro Barreto - (11) 3094-2577 | mauro.barreto@bcw-global.com