Covid-19 desencadeia onda de inovação nos setores de consumo, mostra novo estudo da Accenture

Em pouco tempo, empresas de sucesso voltadas ao consumidor reaproveitam espaços físicos, exploram novos modelos de negócios e passam a usar advanced analytics e outras tecnologias em busca de novas fontes de crescimento

Nova York, 13 de abril de 2021 – A pandemia de Covid-19 mudou a forma como as pessoas vivem, trabalham e se relacionam, acelerando a demanda por inovação. Empresas de varejo, bens de consumo e viagens deixam de apenas reagir à crise e passam a reinventar produtos e serviços. É o que mostra o novo levantamento global da Accenture (NYSE: ACN). 
13 abril, 2021

Accenture e Salesforce ampliam parceria para ajudar empresas a incluírem o conceito de sustentabilidade em seus negócios

Com tecnologias e serviços inovadores, executivos C-suite poderão alcançar metas ESG em menos tempo, atender às expectativas de novos clientes e stakeholders, além de impulsionar o crescimento dos negócios
 
SÃO PAULO, 02 de março de 2021 - A Accenture (NYSE: ACN) e a Salesforce anunciam a expansão de parceria global para auxiliar as empresas a embutir os conceitos de sustentabilidade em seus negócios, atender às crescentes expectativas de seus clientes e stakeholders e contribuir com o avanço dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS).
02 março, 2021

Empresas que reinventam seus negócios por meio de experiências podem lucrar seis vezes mais que seus concorrentes, diz estudo "The Business of Experience (BX)" da Accenture Interactive

Novos hábitos dos consumidores exigem que empresas se concentrem em experiências para atingir crescimento no longo prazo

São Paulo, 22 de dezembro de 2020 - A grande maioria (77%) dos CEOs disse que mudará fundamentalmente como suas empresas interagem com os clientes como uma prioridade para impulsionar o crescimento dos negócios, de acordo com relatório divulgado pela Accenture (NYSE: ACN).
22 dezembro, 2020

Comércio brasileiro tem queda de 75% nos primeiros meses de isolamento social, aponta estudo da Accenture

Maiores quedas estão nos setores de turismo (-75%),
vestuário (-66%) e bares e restaurantes (-60%)

 
São Paulo, 14 de maio de 2020 - No Brasil, o comércio sofreu queda de até 75% de seu faturamento por conta da cautela dos clientes, que passaram a diminuir gastos pessoais durante o isolamento social imposto para contenção do Covid-19. É o que mostra o mais recente estudo da Accenture que mapeia os impactos da pandemia na indústria de pagamentos pelo mundo.
14 maio, 2020